Exposição do FAM no Shopping Conjunto Nacional

Posted on Novembro 2, 2010

0


Com o patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Cultural, e incentivo cultural do Ministério da Cultura, o Festival Internacional de Arte e Mídia dá início ao Ciclo de Exposições de Arte e Mídia

O II Festival Internacional de Arte e Mídia (FAM 2010), no âmbito de sua programação voltada para a disseminação das artes associadas às novas tecnologias, dá início ao Ciclo de Exposições de Arte e Mídia. A primeira mostra do evento será realizada nos dias 29, 30/10, em uma cúpula geodésica montada no 1º Piso (Ala Norte) do Shopping Conjunto Nacional, em Brasília. O horário de visitação segue das 10h às 22h (horário de funcionamento do Shopping). A entrada é franca.

Serão apresentadas quatro instalações, entre elas “Telline_o7 interface”, de Nina Tommasi (Áustria); “Ada 2.0b”, de Jeraman (Recife-PE); “EU||EU”, de Gabriella Rebouças (Natal-RN) e “10 minutos web”, de Leandro de Maman e Sebastião do Aragão (Itajaí-SC). A obra “Ciurbi: ciberintervenção urbana interativa”, de Claudia Loch e outros (Brasília-DF), foi convidada a ocupar o espaço externo da mostra. Na ocasião também haverá um micro-computador para acesso à Galeria Virtual do RedeFAM (www.redefam.com.br).

De acordo com o coordenador do Ciclo de Exposições, Eufrasio Prates, as obras selecionadas associam respeito ao meio ambiente, lembram o lado humano e orgânico da arte e ultrapassam o padrão arte-tecnologia de forma criativa e inovadora. “A obra Telline, de Nina Tommasi, escapa ao conceito de arte e tecnologia de primeira interatividade (computador, monitor e mouse, por exemplo). Trata-se de um trabalho extremamente delicado, orgânico, onde sensores fazem com que conchas do mar reajam à luz e as pessoas do ambiente – abrem e fecham – similar ao que acontece em seu ambiente natural”, destaca.

A obra “Ada 2.0b”, é uma espécie de homenagem ao processo de programação. “Jerônimo Barbosa realiza um processo que perverte a lógica de programação. Ele criou um programa que é autoprogramável”, lembra Eufrasio. Ada 2.0b é um programador, focado em performances de Live Coding, criado em 2010. Sua “inspiração” é uma auto-análise da máquina, que observa a todo tempo seu status através da análise do que acontece no seu Kernel – o núcleo do sistema operacional da máquina – em tempo-real, no momento da performance, tomando isso como base para a criação da performance de Live Coding audiovisual, sem nenhuma intervenção humana.

“EU||EU” de Gabriella Rebouças trabalha com programação em browser e usa a câmera web para projeção em tempo real na tela do computador. “A instalação faz uma mistura de imagens prévias com da pessoa que está interagindo. A obra discute questões de identidade, e levanta questionamentos como quem sou eu, quem é o outros, quem sou eu na máquina e o que é a máquina?”, constata. Segundo o coordenador, apesar da simplicidade, o artefato resulta em forte interação com o visitante.

Ressaltamos que mostra vai rodar por vários espaços e também será exibida na Estação Ferroviária de Anápolis (GO), nos dias 5, 6 e 7/11; no Cine Pirineus de Pirenópolis (GO) nos dias 13, 14 e 15/11; no Parque da Cidade (dias 19, 20, e 21/11) e na Escola Parque 308 Sul (dias 24, 25 e 26/11). A classificação etária é livre e a entrada é franca.

SERVIÇO
FAM EXPOSIÇÃO – Conjunto Nacional
Local: 1º piso do Shopping Conjunto Nacional – Ala Norte
Dias 29, 30/10
Horário de visitação: das 10h as 22h (horário de funcionamento do shopping)
Entrada franca | Classificação livre.

* As fotos de divulgação das instalações estão disponíveis no http://www.flickr.com/redefam

* Texto originalmente publicado no http://www.redefam.com.br

Posted in: CULTURA, RELEASE