Panteão da Pátria será reformulado

Posted on Março 29, 2010

0


O Ministério da Cultura aprovou o projeto de “repaginação” do Panteão da Pátria, um dos monumentos da Praça dos Três Poderes. Planejado por Oscar Niemeyer, o espaço é dedicado aos heróis nacionais.

Desde que foi inaugurado, em 1986, o espaço tem apresentados problemas, principalmente no que diz respeito a interatividade com o visitante. No local, os heróis estão representados somente por meio de uma imagem e a inscrição do nome. Não há informações sobre a vida e história dessas personalidades. Atualmente o prédio também sofre com o vandalismo.

A Secretaria de Cultura do DF pretende reformular o conteúdo do monumento, que atualmente possui 10 personalidades registradas no “Livro de Aço dos Heróis Nacionais”. O projeto busca modernizar e dar visibilidade aos heróis brasileiros. “É uma maneira de aproximar os heróis da população e fazer com que reconheçam o espaço como parte do circuito cultural do país”, afirma Henrique Tavares, diretor-executivo da Santa Rosa Bureau Cultural, responsável pela concepção da reestruturação do Panteão.

O projeto de reformulação do monumento foi aprovado com base na Lei Rouanet, que permite as empresas financiadroes deduzir do imposto de renta até 60% do valor investido em um projeto cultura. Agora é preciso buscar patrocinadores que queiram investir no Panteão. De acordo com a lei, as empresas financiadoras podem deduzir do imposto de renda até 60% do valor investido em um projeto cultural.

Livro de Aço

Os heróis dez nacionais homeageados no Livro de Aço são Tiradentes, Marechal Deodoro da Fonseca, Zumbi dos Palmares, D. Pedro I, Duque de Caxias, José Plácido de Castro, Almirante Tamandaré, Almirante Barroso, Santos Dumont e José Bonifácio de Andrada e Silva.

Posted in: CIDADES