Cursos profissionalizantes gratuitos são interrompidos em todo o DF

Posted on Março 29, 2010

0


Tamara Costa (para o correiobraziliense.com.br)

Os cursos de qualificação profissional oferecidos gratuitamente nas paróquias de todo o Distrito Federal foram interrompidos na última sexta-feira (18/07). Mais de vinte mil estudantes entraram em uma espécie de recesso não programado após o vencimento do contrato entre o GDF e a NT Educação, empresa responsável pelos Telecentros, como são chamados os núcleos de capacitação.

Segundo a NT Educação, o governo precisa quitar o débito no valor de R$ 1 milhão para que as aulas sejam retomadas. Outro problema é que o contrato inicial venceu junho e não foi renovado. De acordo com a Secretaria de Ciência e Tecnologia do DF (SECT), responsável pelo pagamento do convênio, a previsão é que a situação seja regularizada para que as aulas sejam retomadas em agosto, no dia 05/08. O Correio Brasiliense tentou falar com falar com os responsáveis pela direção do projeto, mas não obteve resposta até o fechamento da matéria.

A Secretaria de Ciência e Tecnologia do GDF, através de um convênio entre a Fundação de Apoio a Pesquisa (FAP/DF) e a UnB, já investiu cerca R$ 1,4 milhão no projeto, que inclui acesso gratuito a mais de 40 cursos profissionalizantes via internet. Entres os cursos mais procurados estão os de qualificação de informática básica (digitação, Windows, Word Excel, hardware e software), webdesign, marketing pessoal, técnica de estudos, segurança em rede e contabilidade. Até junho, 2 400 certificados de conclusão de cursos foram expedidos pela NT Educação, que têm um potencial de emitir mais de 20 mil certificados por ano.

Os cursos são ministrado em 46 unidades de capacitação que funcionam nas paróquias todas as cidades satélites do DF. Segundo o Pe. Samuel Cassiano (Estrutrural) o Telecentro foi muito bem recebido e é de grande importância para comunidade. “Temos horários cheios desde as 7h da manhã às 7h da noite. A Estrutural é um lugar muito carente. Desde que o curso começou as pessoas estão animadas. Quando falta luz na cidade, os estudantes lamentam muito”, conta. Na Estrutural, os cursos são ministrados em uma sala da capela Nossa Senhora da Esperança (Qd. 9).

Posted in: CIDADES